Por diretiva comunitária (Euro 4), desde de Janeiro de 2017, todos os motociclos até 125cc, têm que estar equipados com injeção eletrônica, travagem compensada e emissão de gases limitadas. A LML não afetou até o momento, essas alterações, não lhe sendo permitida, por essa razão, a exportação dos seus modelos para Europa.